SEJA BEM-VINDO!!!

sábado, dezembro 03, 2016

REMEXENDO O BAÚ DE RECORDAÇÕES...

Acreditar que nada na vida acontece por acaso... Que Deus sempre tem um propósito para cada um de nós... Que as surpresas são pequenos mimos de Deus para nos mostrar (mesmo que nas entrelinhas...) que Ele nos ama... Que acreditar (ou não) em destino não altera o curso da nossa história... Ter esperança não significa que nós devemos sentar e "esperar" as coisas acontecerem, mas sim "buscar" meios para que as coisas (de fato) aconteçam... (Re)viver o passado  não significa perder o foco no presente ou no futuro, mas reavivar na memória acontecimentos que nos são caros, com pessoas que nos são caras, de um lugar, época e vivências que contribuíram para que nos tornássemos quem hoje somos. Aí, no dia 30 de novembro, recebo, pelo Facebook, uma solicitação de amizade: Madalena Ferraz dos Santos: o nome e a foto me fizeram viajar no tempo... eu só precisava confirmar! Era de fato uma das minhas amigas de infância/adolescência!!! A Madalena, imediatamente, criou um grupo no Whatsapp (Alunos do Candelário): EE Prof. Joaquim Candelário de Freitas, em Jundiaí-SP. Assim, estamos inserindo, os integrantes da nossa "turma" no referido Grupo: Eu, Siuzete, Sirlei, Silvana Bercelo, Madalena e Cristina. Ainda faltam alguns: Teresa, Marlete, Cecília, Luiz Carlos (Bana)... Em breve estarão conosco, se Deus quiser (e estamos torcendo para que outros se juntem a nós...)!
Muito tempo se passou, no entanto, em conversa no Grupo, voltamos ao passado, relembramos fatos que nos fazem rir muito!! Eu não tenho dúvidas de que esse contato mais próximo (mesmo que virtualmente) é um presentinho antecipado de Natal! É Deus, sim, nos surpreendendo de forma tão linda, afinal, não se pode negar que ter amigos é uma dádiva!!! 
Não por acaso, estar mais próxima das(os) minhas (meus) amigas(os) de infância sempre foi um sonho... um desejo acalentado por muito tempo! E vejam só que coisa interessante:  em 2010, no dia 28 de janeiro, eu postei neste Blog o seguinte texto: 
___________________
"Hoje, vendo umas reportagens sobre o aniversário da cidade de São Paulo (25/01), como um relâmpago, lembrei que alguém muito especial para mim, faz aniversário nessa data. Há anos não nos falamos (muitos anos mesmo, diga-se de passagem). Marlete é o nome da minha inesquecível amiga - Marlete Rafael Mota. Dona de um sorriso cativante, de uma personalidade marcante, de uma beleza e simpatia incomparáveis. Era a alegria e o alto astral em figura de gente. Vivemos juntas uma fase muito especial das nossas vidas, aquela fase transitória da infância para a pré-adolescência. Éramos amigas e confidentes. Ah! Nossos segredinhos!!! Em Jundiaí, estudamos juntas da 5ª à 8ª série, quando então eu me mudei para Pitangueiras. Daí em diante, nunca mais tivemos qualquer contato. Mas, grandes amigos habitam sempre a nossa mente e o nosso coração. Eu jamais vou esquecê-la, assim como jamais esquecerei a "nossa turma": a Sirlei (Sirlei do Carmo Silveira), a Cris (Maria Cristina Canova), a Teresa (Maria Teresa Braz da Silva), a Cecília, a Madalena... (Ihh... a memória, aqui, deu uma falhada - esqueci o sobrenome apenas), a Siuzete (Siuzete Somera Passarin), a Silvana (Silvana Bercelo). Morávamos na Vila Hortolândia: eu e a Marlete, bem próximas, as outras meninas moravam um pouco mais distantes de nós, inclusive, a Siuzete, por exemplo, morava na Vila Marlene (bairro próximo à Vila Hortolândia). Havia os meninos também, não posso esquecê-los, nossos colegas de classe (ou não), mas nossos colegas: o Eduardo, o "Cabeção", o Márcio, o Luciano, o Edvaldo... e alguns, que não consigo me lembrar o nome... Ah! Não posso me esquecer do Luís Carlos Souza (mais conhecido como Bana), o mais popular da turma, recordo-me das festinhas  ("as brincadeiras dançantes")  que ele fazia todo final de semana em sua casa... Era o máximo! E dá-lhe John Travolta!
A escola era o "nosso espaço". Levávamos os estudos a sério, afinal, naquela época, escola era coisa séria. Respeitávamos os professores, os funcionários, os colegas... e o diretor, o Sr. Owen Zílio (fiquei sabendo que a Escola Joaquim Candelário de Freitas tornou-se uma escola municipal e que o Sr. Owen faleceu há algum tempo) - tínhamos verdadeiro pavor do diretor: uma mistura de respeito e medo.
Ah! Tempo bom! Como eu gostaria de rever minhas amigas, meus amigos...  Como eu gostaria de saber como estão. Ah! Quanta saudade!
Que Deus abençoe a todos, onde quer que estejam!!!! A mim, resta a doce lembrança de amizades tão bonitas e tão importantes; resta também a felicidade de poder ter desfrutado da companhia de pessoas tão maravilhosas que fizeram parte da minha infância e adolescência... Esse privilégio, eu agradeço a Deus!" (by Silvana Moreli - postado neste Blog em 28/01/2010).
_____________________
Fonte: REMEXENDO O BAÚ DE RECORDAÇÕES...
_____________________

A sensação que eu tenho é a de estar resgatando uma parte de mim que estava lá no passado. E como é bom (re)viver momentos tão significativos. Estou transbordando de felicidade!!!

_____________________

O Grupo já compartilhou algumas lembranças... Como é bom recordar!!!

Eu, Silvana Moreli... na época, "Silvaninha"! 



Cristina Canova




























Cristina Canova


2 comentários:

Madalena disse...

Que lindo Sil!!!! Emocionada com suas lembrancas e por ter registrado coisa tao marcante da nossa vida. Um tempo que se foi, mas que ficou em nossos corações e em nossas memórias. As maiores conquistas que fazemos chamam-se relacionamentos. Possamos gozar novamente de nossa amizade, agora maduras, cada uma de nós com suas dores e amores....mas com o mesmo coraçao puro e simples que continua batendo dentro da gente.

Silvana M. Moreli disse...

Madalena,

Reencontrar vocês foi um grande presente!!!

Que bom tê-las por perto (mesmo que virtualmente... rsrs)!

Um grande abraço,

Silvana Moreli

Arquivo do blog

AGRADEÇO POR SUA VISITA!